Unidades de Conservação: uma reconexão com a natureza, pós COVID-19

Conservation Units: a reconnection with nature, after COVID-19

 

O artigo “Unidades de Conservação: uma reconexão com a natureza, pós COVID-19” foi publicado na Revista Brasileira de Educação Ambiental.

AutoresMarta Regina da Silva-Melo; Gleidson André Pereira de Melo; e Neiva Maria Robaldo Guedes.

 

Figura: Práticas que reconectam pessoas à natureza (SILVA-MELO et. al., 2020).

 

Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo analisar a importância das Unidades de Conservação como espaços de reconexão com a natureza, pós-COVID-19. Os procedimentos que orientaram o estudo contribuíram com a fase descritiva dos fenômenos e sua relação com a necessidade de aprimorar tendências biofílicas. A partir de um amostra aleatória não-probabilista, os resultados apontaram que ambientes naturais são capazes de proporcionar sensação de bem-estar, após a pandemia do novo coronavírus. Diante de um novo “normal,” as Unidades de Conservação se notabilizam como espaços naturais importantes para amenizarem os efeitos da ansiedade e estresse causados pela COVID-19 (SILVA-MELO et. al., 2020). Palavras-chave: Biofilia; Áreas Protegidas; Ambiente Restauradores.

Abstract: This research aims to analyze the importance of Conservation Units as spaces for reconnecting with nature, after COVID-19. The procedures that guided the study contributed to the descriptive phase of the phenomena and their relationship to the need to improve biophilic trends. From a non-probabilistic random sample, the results showed that natural environments are capable of providing a sense of well-being after the new coronavirus pandemic. Faced with a new “normal,” the Conservation Units stand out as important natural spaces to decreasing the effects of anxiety and stress caused by COVID-19. Keywords: Biophilic; Protected Areas; Restorative Environments.

 

Referência:

SILVA-MELO, M. R.; MELO, G. A. P.; GUEDES, N. M. R. Unidades de Conservação: uma reconexão com a natureza, pós COVID-19. Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v. 15, p. 347-360, 2020.

 

Imagem destaca: pixabay

 226 views,  1 today