Pular para o conteúdo

Ecodidática

Monitoria: modalidade de ensino-aprendizagem na formação acadêmica

  • por

Por Elizandra Costa e Marta Melo

A monitoria é uma modalidade de ensino-aprendizagem que contribui na formação acadêmica. Tal modalidade constrói de modo criativo, entre o aluno-monitor e professor-orientador, estratégias práticas que simplifiquem e que  estimulem os demais alunos para conseguir alcançar o desenvolvimento eficaz da capacidade cognitiva (AFONSO; CARVALHO, 2023).

Segundo Silva et al (2021), os alunos-monitores melhoram suas habilidades e competências, como liderança, trabalhos coletivos, comunicação e outros. Logo, compreende-se que o papel do monitor no ensino-aprendizagem é oportuno e pode agregar sugestões inovadoras em relação a mediação da aprendizagem para os outros alunos. Nesse sentido, o estudo tem por objetivo analisar como a monitoria pode contribuir para o desenvolvimento da formação acadêmica dos alunos-monitores.

O presente trabalho foi estruturado por meio da abordagem qualitativa, visto que fornece informações ricas e detalhadas (GIL, 2009). Ainda como parte dos procedimentos, foi realizado um levantamento bibliográfico em livros, artigos e outros trabalhos que tratam deste tema. Por último, optou-se pela análise descritiva a fim de evidenciar os pontos positivos e negativos da monitoria e a sua função na construção do aprendizado discente, por meio de um questionamento direcionado às monitoras do curso de turismo da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – Unidade Universitária de Campo Grande (UEMS-UUCG).

De acordo com o levantamento foi constatado que: a monitoria agrega na formação acadêmica. Segundo Frisson (2016), ela ajuda na superação de problemas como o bloqueio, pressões e outros que afetam no seu desenvolvimento acadêmico, mas quando existem programas de monitorias há uma facilidade devido ao aprendizado coletivo.

Em relação aos pontos positivos, foi indicado a interdisciplinaridade, como elemento fundamental que representa as características do curso de turismo; melhoria de aproveitamento e desenvolvimento das capacidades cognitivas, pois permite o aprofundamento de conteúdos específicos devidos às pesquisas, assim como o compartilhamento de experiências com os alunos. Os pontos negativos destacados foram o desinteresse dos alunos em buscar ou consultar as monitoras para a elaboração de atividades propostas pelo professor responsável.

Mediante ao exposto, nota-se que os estudantes se envolvem de maneira colaborativa no desenvolvimento do ensino aprendizagem da disciplina em que são monitores. Para tanto, considera-se que essa prática precisa ser mais difundida pelas instituições de ensino já que é por meio dela que os alunos conseguem perceber e aprimorar suas habilidades e competências que são fundamentais para formação acadêmica e para a construção de perfil dos futuros profissionais da área.

 

Referência:

AFONSO, R. M. C.; CARVALHO, C. M. S. A efetividade da modalidade monitoria acadêmica no curso de Relações Públicas da UFAM: um relato de experiência. Revista Conexões-Manaus, v. 6, 2023.
GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.
FRISON, L. M. B. Monitoria: uma modalidade de ensino que potencializa a aprendizagem colaborativa e autorregulada. Pro-Posições, [S.L.], v. 27, n. 1, p. 133-153, 2016.
SILVA, A. K. A.; FERREIRA, M. L. S.; OLIVEIRA, M. J. S.; SILVA, J. P. X.; SACHADO, L. D. S.; XAVIER, S. P. L. Contribuições da monitoria acadêmica para a formação em enfermagem: revisão integrativa. Revista Enferm. Atual In Derme, [s.l.], v. 95 n. 33, 2021.

Estudo disponível em: EAC – COGNA

Como citar esta página:

COSTA, E. M. F. SILVA-MELO, M. R. Monitoria: modalidade de ensino-aprendizagem na formação acadêmica. Ecodidática, Campo Grande, 13 de dezembro de 2023. Disponível em: https://ecodidatica.com.br/monitoria-modalidade-de-ensino-aprendizagem-na-formacao-academica.  ‎Acesso em: dd. mm. aaaa.

Imagem destacada: rawpixel.

 

Loading

error: Conteúdo protegido com direitos autorais