Turismo Indígena: herança e identidade cultural da etnia Kadiwéu em Campo Grande/MS

O artigo “Turismo Indígena: herança e identidade cultural da etnia Kadiwéu em Campo Grande/MS” foi publicado no periódico Comunicação & Mercado – Revista Internacional de Ciências Sociais Aplicadas da UNIGRAN.

Autores:  Marta Regina da Silva-Melo e Djanires Lageano Neto de Jesus

 

Imagem: arte Kadwéu – Casa do Artesão, Campo Grande, MS (acervo de Marta Melo)

 

Resumo: O enfoque no Turismo Indígena abordado na pesquisa baseou-se na análise da representatividade da etnia Kadiwéu em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Os estudos foram fundamentados na pesquisa qualitativa, inicialmente por levantamentos bibliográficos e fichamentos, seguidos de um levantamento documental para a identificação de elementos etnográficos; do estudo de oralidade; e da identificação dos principais pontos de propagação da cultura Kadiwéu na capital no período de julho de 2012 a julho de 2013, a partir de uma pesquisa de Inciação a Pesquisa – PIBIC com recursos da FUNDECT-MS. Os levantamentos bibliográficos e de campo podem corroborar para conciliar ações planejadas que agreguem valores àquela comunidade, sem que inviabilize o seu potencial cultural e legado histórico. O presente estudo tem como objetivo diagnosticar as potencialidades culturais da comunidade indígena Kadiwéu por meio dos elementos patrimoniais, materiais e imateriais para a finalidade turística sustentável. Palavras-chave: cultura indígena, Kadiwéu, turismo.

Referência:

SILVA-MELO, M. R.; JESUS, D. L. N. Turismo Indígena: herança e identidade cultural da etnia Kadiwéu em Campo Grande/MS. Comunicação & Mercado – Revista Internacional de Ciências Sociais Aplicadas da UNIGRAN, Dourados, v. III, p. 10, 2015.

 

Imagem destacada: cerâmica Kadwéu (acervo Ecodidática)

 208 views,  1 today